FAQ

O procedimento de agendamento começa com o preenchimento do formulário disponível no site ou enviando e-mail para o contacto disponível. 

O procedimento correto é contactar o Dealing with Cancer via e-mail e receber a agenda disponivel. Preferencialmente a consulta é agendada num prazo mínimo de dois dias úteis, porém podem haver excecções. 

O skype é o formato preferencial, podendo ser instalado sem nenhum custo. No caso de dificuldades para a instalação, poderá solicitar apoio, através de email, a Dealing with Cancer. Em todo o caso, podem ser negociadas outras plataformas que permitam a video-conferência como o WhatsApp.

Uma vez que se trata de consulta on-line este procedimento permite uma organização adequada na marcação de consultas ( por exemplo, evita situações de falsas marcações).

O procedimento correto é o pagamento após confirmação pelo Dealing With Cancer. Se por algum motivo se antecipou à confirmação, deve escrever um e-mail para dealingwcancer.info@gmail.com .

Sempre que se verifique que a qualidade da internet não permite que a video-chamada seja reposta em pouco tempo ou não existam condições satisfatórias para a realização da consulta, a consulta será reagendada não sendo cobrados quaisquer valores adicionais.

No caso de ter de desmarcar a consulta poderá remarcá-la desde que envie um e-mail esclarecendo a situação. O ideal é que o utente avise com a máxima antecedência que pretende remarcação, para que não seja prejudicado nem a agenda do profissional, nem dos restantes utentes. No caso de quaisquer outras situações de impedimento em que não houve um cancelamento prévio, o utente dispõe no máximo de 8 dias de calendário para contactar via e-mail e eslarecer a situação. Após este prazo não são aceites remarcações, apenas novas marcações, não reavendo o dinheiro da consulta perdida.

Antes da primeira sessão não será possível agendar várias sessões. Posteriormente, desde que acordado com a psicóloga em sessão, esse agendamento poderá ocorrer. 

Não existem pacotes de consultas, pois  a continuidade do apoio dependerá daquilo que for delineado e se o utente assim o entender.

O valor das sessões decresce após a 4a sessão e após a 8a sessão, tendo um valor fixo a partir daí (conforme tabela abaixo). Outros valores são praticados conforme o utente seja associado em alguma das entidades indicadas na página de Colaboração deste site.

Nº de sessão

Preço

1

40€

2

40€

3

40€

4

40€

5

35€

6

35€

7

35€

8

35€

9 ou mais

30€

 

O utente terá total liberdade para decidir se quer continuar a ter acompanhamento e poderá sempre interrompê-lo em qualquer momento.  O psicólogo trabalhará com o utente no sentido de alcançar um plano de intervenção adequado, estabelecendo um contrato terapêutico com um número definido de sessões. Este número poderá sofrer alterações de acordo com a evolução do utente: caso os objetivos sejam cumpridos antes de se esgotar o número de sessões previamente definido a terapia pode ser terminada; ou no caso de o número de sessões se mostrar insuficiente, podem ser acordadas sessões adicionais.

A primeira consulta é geralmente a mais longa (até 90 minutos). Serão recolhidos dados sobre si, explorando-se o motivo do seu pedido; explicados aspetos relevantes, como os princípios de atuação do psicólogo e a dinâmica expectável no desenrolar das sessões (por exemplo, os deveres do paciente). Por vezes uma primeira consulta pode não chegar para delinear o plano terapêutico, outras vezes o mesmo pode começar a ser discutido ainda na primeira sessão.

Geralmente a primeira sessão pode durar entre 60 a 90 minutos. As sessões seguintes serão realizadas entre 45 e 60 minutos. Caso a pessoa em consulta seja um doente oncológico em fase de tratamento, pode haver a necessidade de ajustar a consulta a uma duração compatível com o seu estado físico/eventuais efeitos colaterais, o que será estabelecido na video-conferência com o doente.

Sim, o que acontece nesta situações é que apesar de o apoio ser on-line, o psicólogo está a exercer no seu país, neste caso Portugal. Assim sendo, está sujeito à lesgislação do seu país sendo a sua atividade regulada pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. Os Psicólogos Portugueses estão reconhecidos no espaço Europeu, pelo Regulamento da EPFA (EuroPsy)